TUITADA – GUERRA DOS SEXOS: UMA NOVELA FORA DO SEU TEMPO

Imagem

Na noite desta sexta-feira (dia 26 de abril), a rede Globo exibiu a conclusão de mais um trabalho de Silvio de Abreu, um dos autores mais antigos da casa. Investindo no filão de remakes , o novelista tirou do baú no ano passado, uma consagrada produção de 1983 chamada “Guerra dos Sexos” e tentou dar um novo gás ao tema da novela. 

A atual versão como se sabe, foi a mais fraca audiência da faixa das 19 horas e contou com o enorme azar de vir logo em seguida a “Cheias de Charme”, que havia revitalizado o gênero, contando uma história feita sob medida para a classe C, através de um discurso multimidiático.

Confira o fim da novela pela opinião de alguns tuiteiros:

novelaavulsa
teledramaturgia
pascoal
gloria
melhor personagem
bomelenco

Protagonizada por Fernanda Montenegro e Paulo Autran, a “Guerra dos Sexos” de 80, mantinha um diálogo com uma sociedade ainda mais machista e misógina que a atual. Não que estejamos na plenitude política igualitária. O discurso pela igualdade de gêneros ainda se faz necessário afinal de contas, apesar dos avanços, as mulheres brasileiras ainda ganham 30% a menos que os homens. O problema é como o autor optou em exibir esta discussão (que nem é das mais repercutidas na mídia, hoje). É bem difícil tentar se projetar no papel dos protagonistas da trama. Ou alguém aí já disputou o cargo de presidência de uma grande empresa? Eu e nem o leitor, creio. Bem, a classe C, com certeza não, por mais ascendente que seja. Mas, depois deste tropeço a rede Globo parece ter aprendido a lição.

O discurso pela igualdade também ganhará em breve uma roupagem em “Saramandaia” que pretende botar a mão no “vespeiro” ainda que de uma forma muito sutil. A novela pretende abordar os “Felicianos” velados que existem a cada esquina do país e trará personagens jovens e idealistas que lutam pela igualdade de gênero, de cor ou sexualidade.
E a novela a estrear na segunda-feira, “Sangue Bom”  já conta com algumas interações virtuais através do site da produção. Detalhes da trama já são apresentados, sem mesmo, a novela ter estreiado, através de envios de arranjos florais virtuais ou de muros virtuais grafitados pelo usuário. Como se sabe, um nicho de telespectadores mais ligados às redes sociais e à internet ficou “órfão” de telenovelas após o fim de “Cheias de Charme”

Isto é ser abrangente. Isto é ser assunto.

Assim, a equivocada e anacrônica releitura de “Guerra dos Sexos” se encerra, mostrando para a rede Globo todos atrasos que o segundo produto mais caro da TV (a novela das 19) não pode mais cometer. Se encerra como uma fraca audiência global e o mais importante: com uma repercussão muito próxima do zero. Pois, é muito provável que ninguém se lembrará desta versão de “Guerra dos Sexos”.

Sorte do Paulo Autran e da Fernandona. 

(Colaboração da @rafabitencourt)

(Curta a página do BLOG “Meme é a Mensagem” no Facebook)

Anúncios

2 pensamentos sobre “TUITADA – GUERRA DOS SEXOS: UMA NOVELA FORA DO SEU TEMPO

  1. Adorei o texto… e concordo plenamente!!!
    Essa novela foi saco!
    Mas agora to na expectativa p Sangue Bom, nao por causa das flores e do grafite… claro! hahaha

    ps. adorei o texto mais curtinho! deu p ler rapidinho tudo :p

    beijaooo

    • O caminho é mesmo esse Naty! Quando criei os textos “Tuitada” pensei que o “arroz e feijão” de um blog sobre TV Social tinha que ser algo nesse caminho. O desafio fica tentar colocar a opinião em cima da notícia. Mas essa semana volto com um texto mais longo também. Sobre o que esperar da TV brasileira em 2013 😉 Vlw por ser uma frequente visitadora amoréco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s