TUITADA – SAÍDA DO “GUGU” DA RECORD EVIDENCIA CRISE DA EMISSORA E REPERCUTE NO TWITTER

TRIESSE

Nesta quinta-feira, (dia 06 de junho) uma das notícias mais chamativas da recente história televisiva chegou aos ouvidos do público: o popular apresentador Gugu rescindia o seu contrato milionário com a Rede Record. O furo de notícia dado pelo jornalista Ricardo Feltrin (do UOL) aproximadamente ao meio-dia desencadeou uma série de notícias e boatos a respeito da programação vertical dos finais de semana da Rede Record. O jornalista Flávio Ricco veio a seguir (aproximadamente às 14 da tarde) para informar que o “Cidade Alerta” passaria a ser exibido também aos sábados e “O Melhor do Brasil” de Rodrigo Faro seria a segura aposta da emissora para as tardes de domingo. Notícia que foi confirmada aproximadamente às 18h30min, em uma exclusiva de Faro para a rádio Jovem Pan em um bate-papo com o jornalista Armando Vannucci. Por outro lado, a coluna “Parabólica” de Vannucci anunciou que o ex-CQC Rafael Cortez passaria a apresentar o “O Melhor do Brasil” e o programa se manteria aos sábados com Rodrigo Faro indo para os domingos, numa nova produção da emissora. No twitter esta cadeia de notícias ganhou repercussão entre os usuários e o verbete “Gugu” figurou entre os assuntos mais comentados do microblog por toda a tarde.

TT

Confira como a saída do apresentador Antônio Augusto Liberato repercutiu nas mãos dos tuiteiros:

domingo das loiras pedro hmc

estrelas que sairam da emissora

maior sinal da fase ruim da emissora

minha casa minha vida

PONTO FRIO

rala ou enrola ou dança gatinho aos domingos (ULTIMO)

A ida do apresentador em 2009, para a Rede Record foi um dos fatos mais enobrecidos na história recente da emissora dos bispos. O fato de a emissora ter tirado Gugu do SBT (a emissora que o criou) por um polpudo salário de 3 milhões de reais foi amplamente divulgado pela Rede Record. Como se sabe, a emissora da Barra Funda gabou-se por anos e anos pela milionária contratação. Existe até uma história sobre uma antológica frase de Silvio Santos na ocasião, que disse “que nenhum apresentador da TV brasileira valeria o polpudo salário de 3 milhões, nem o próprio Silvio Santos”, observou o dono do SBT.

A verdade é que o fato acabou culminando em uma negativa “dança das cadeiras” para a Rede Record: a programação da emissora em 2009 perdeu Roberto Justus e também Eliana numa resposta imediata do SBT à perda de Augusto Liberato.

A história de agora todo mundo já sabe. O programa “Eliana” do SBT (e sua proposta mais jovem) vem batendo o Gugu e a Record há meses na audiência dominical. Roberto Justus, sem a repercussão e a audiência de “O Aprendiz” também vem amargando com frequência o terceiro lugar.

Na realidade a Rede Record de 2013, está com uma programação muito fraca que vem mantendo dificuldades de emplacar até bons programas, como a novela “Dona Xepa” (que não é nenhum primor para o horário em que é apresentada e poderia sim se permitir tratar de assuntos mais relevantes)que traz uma boa história altruísta, de proposta popular e apesar disso vem enfrentando fortes dificuldades de audiência. A minissérie “José do Egito” também tem grandes méritos, mas vem com um desempenho em audiência declinante. Para a teledramaturgia de uma emissora que até pouco tempo atrás conseguia manter duas novelas no ar não conseguir emplacar nem ao menos uma novela, o fato acaba sendo bastante controverso. E é o que gera ainda mais boatos atrás de boatos sobre o fim do estúdio de teledramaturgia Recnov ou o encerramento das milionárias minisséries da emissora.

O mercado da TV aberta está em queda. Os tempos são outros. Manobras milionárias não são mais bem vistas aos olhos dos especialistas do meio. A internet vem redimensionando e ameaçando inúmeros mercados financeiros. Só para citar alguns: o mercado da informática que vem se reorganizando para a produção de aparelhos com internet móvel, a indústria musical que vem apostando cada vez mais no consumo de música digital e o meio televisivo que vem apostando cada vez mais numa linguagem mais jovem de se fazer televisão. O sucesso do SBT com o “Rola ou Enrola” da Eliana (tanto em repercussão no twitter quanto em audiência) demonstra um caminho que as emissoras vão ter de dar o braço a torcer e começar a seguir. É tempo de renovação. E renovação não quer dizer divulgar fotos do Gugu descamisado. Nem beijar desesperadamente Adriane Galisteu ou explorar ao máximo o nanismo de um anão. Quanto mais dar casas e casas naquele velho e bom assistencialismo dominical da TV brasileira. Parafraseando, a jornalista Patrícia Kogut, não se faz mais programas dominicais como antigamente. E a frase não é saudosista.

Curta a página do BLOG “Meme é a Mensagem” no Facebook
Siga o “Meme é a Mensagem” no twitter: https://twitter.com/omemeeamensagem

Anúncios

Um pensamento sobre “TUITADA – SAÍDA DO “GUGU” DA RECORD EVIDENCIA CRISE DA EMISSORA E REPERCUTE NO TWITTER

  1. QUE PENA TERMOS QUE FICAR SEM GUGU LIBERATO MAS ESPERO QUE TAO BREVE ,ELE POSSA ESTAR NOVAMENTE NAS TELINHAS DE NOSSA CASA NOS ALEGRANDO COM SEU PROGRAMA FAMILIAR ,BEIJOS GUGU E QUE DEUS TE ABENÇOE ONDE VC ESTIVER,FORÇA VIU,VC E MUITO ESPECIAL PARA DEUS !!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s