TUITADA – PROTESTOS NACIONAIS ALTERAM A GRADE TELEVISIVA E DOMINAM A AGENDA SETTING NO BRASIL

congresso

Na televisão, no jornal impresso, no rádio e na internet não se fala de outra coisa: os protestos nacionais. E nas redes sociais também não poderia ser diferente.

O twitter hoje (17 de junho) funcionou como um perfeito micro-cosmos do assunto mais repercutido atualmente no país: os protestos da população brasileira por melhores condições de vida.

Discussões, manifestações e até invasões foram pontos observados na rede social neste  histórico dia para a política nacional. No microblog, o perfil da controversa revista Veja foi hackeado por manifestantes do grupo Anonymous assim como o instagram oficial da presidente Dilma (que até então quase ninguém sabia existir) . A autoridade máxima da administração pública no país (e figura vaiada na abertura da primeira Copa das Confederações no Brasil) ainda mantém o mesmo silêncio sepulcral como resposta às inúmeras manifestações populares que vem ocorrendo nos últimos dias.

Imagem

Nos trending topics nacionais outro assunto dificilmente esteve em pauta, de forma que os protestos chegaram diversas vezes a figurar em todos os dez tópicos mais comentados do microblog. Além disso, a tag #VerásQueUmFilhoTeuNãoFogeÀLuta também foi protagonista de centenas de eufóricas mensagens dos tuiteiros o que acabou catapultando o tópico ao assunto mais comentado mundialmente do twitter.

ImagemImagem

Imagem

Confira como os tuiteiros se manifestaram sobre os protestos:

Imagem

Imagem ImagemImagemImagemImagem

ImagemImagem ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem

Os destaques da programação televisiva hoje se restringiram totalmente a dois comunicadores da TV aberta no país: Marcelo Rezende e José Luiz Datena.

A cobertura do “Cidade Alerta” durante o início desta noite de protestos foi ágil, constante e pontual. Não houveram interrupções para breaks (que  espertamente foram pagos no início do programa), nem dispersões sobre o assunto: se era história que a população brasileira estava fazendo, era justamente esta mesma história que a lente da Rede Record exibia. O jornalismo da emissora contou com diversos links espalhados pelo Brasil que eram sobrepostos um a um seguindo onde quer que estivesse o último rastro de pólvora dos protestos nacionais. A Rede Record foi o canal aberto que mais deu atenção ao vivo para a invasão no Congresso Nacional, assunto que ganhou bastante destaque na Globo News  na TV fechada. Com o assunto o “Cidade Alerta” marcou um dos seus recordes de audiência com média de 13 pontos (chegando ainda ao admirável pico de 17). Atualmente o programa é o mais assistido diariamente na Rede Record. O “Jornal da Record” em seguida conseguiu disputar a vice-liderança minuto a minuto com “Carrossel” e acabou tendo um 2° lugar com direito a empate técnico com a  novela do SBT. O fato é inédito já que a produção do SBT é vice-líder de audiência há mais de um ano de acordo com dados do Ibope. Cabe lembrar que a Record cancelou a exibição do seriado CSI para a cobertura ao vivo das manifestações.

Já o apresentador José Luiz Datena do “Brasil Urgente” na Band, permaneceu cerca de três horas na tela da televisão brasileira hoje. Além do seu programa diário “Brasil Urgente”, de uma hora e meia de duração, a Band exibiu um plantão de quase duas horas cancelando a exibição do desenho animado “Os Simpsons” e também de parte da sua grade noturna. Além disso, o apresentador também apareceu ao vivo no CQC, nos momentos em que o Palácio dos Bandeirantes paulistano começava a ser o alvo de manifestantes.

Outro grande destaque televisivo foi um mea culpa pronunciado pela jornalista global Patrícia Poeta durante o Jornal Nacional. A âncora do maior jornalístico do país falou em todo nome de toda Rede Globo ao ler um editorial que defendia a emissora de não ter dado a devida atenção aos protestos. O editorial defendia também o direito legítimo do cidadão manifestar-se politicamente. Como é sabido muitos manifestantes protestaram ao redor da Rede Globo em SP, argumentando que o canal não deu o devido apoio às manifestações iniciais dos grupos que protestavam pelo aumento da tarifa no transporte público. Além disso, um dos maiores formadores de opinião no país o cineasta e jornalista Arnaldo Jabor teve que se retratar publicamente após aparecer no Jornal da Globo condenando as manifestações populares. Suas desculpas foram transmitidas hoje pela rádio CBN. Para a cobertura global nas manifestações, os repórteres do canal tiveram que retirar os cubos da Rede Globo dos seus  microfones: o que em si já é uma tremenda duma contradição na cobertura de um fato tão relevante.

As invasões ao Palácio dos Bandeirantes, à Assembléia Legislativa do Rio e ao maior palco político do Brasil, o Congresso Nacional, sublinham de forma incontestável que estes R$0,20 centavos foram os mais custosos à alguns setores da grande mídia e aos governantes do país.

Um dos momentos mais emblemáticos da cobertura televisiva de hoje eu destaco aqui no fim deste post. Às 21:50 da noite o apresentador José Luiz Datena teve de interromper o seu plantão jornalístico para uma veiculação da propaganda eleitoral obrigatória. Datena interrompeu a programação da Band sem antes dizer quão absurda era aquela propaganda política naquele contexto (em um momento em que os brasileiros protestavam cobrando melhores medidas aos seus governantes). Interrompido o plantão a Band foi obrigada a veicular a propaganda do Partido Progressista e a figura que abre o horário eleitoral é ele, a estrela máxima dos políticos desprezíveis da nação: nada mais, nada menos, que o atual deputado federal Paulo Salim Maluf. Aquele que recentemente foi obrigado a devolver míseros R$27,5 milhões para o governo brasileiro. E por tudo o que Maluf já fez pode ter certeza: pra ele esse valor é como se fosse míseros vinte centavos.

Curta a página do BLOG “Meme é a Mensagem” no Facebook:

https://www.facebook.com/omemeeamensagem

Siga o omemeeamensagem no twitter: https://twitter.com/omemeeamensagem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s