PANORAMA – NOVELA “SANGUE BOM” CHEGA AO SEU CAPÍTULO 50 TENTANDO REPETIR SUCESSOS RECENTES DA REDE GLOBO

sangue

Nesta terça-feira (dia 02 de julho) a Rede Globo exibiu o capítulo de número cinquenta de sua trama das 19hrs, a novela “Sangue Bom”.

A novela vem enfrentando um leve crescimento de audiência da Rede Record no horário com o programa “Cidade Alerta”. Como a emissora dos bispos enfrenta sérios problemas em seu horário nobre, a emissora paulista passou a apostar todas suas fichas na produção policial apresentada por Marcelo Rezende.  Como se sabe, é por lá que a estrela do canal, o apresentador Rodrigo Faro, passou recentemente para informar aos telespectadores que seu “O Melhor do Brasil” passaria a ir ao ar aos domingos.  O “Cidade Alerta” além de ser o programa de maior audiência diária da casa, também é atualmente o programa mais longo na programação horizontal da Rede Record: mais de três horas diárias. Com o aumento dos latrocínios e dos homicídios na cidade de São Paulo, em relação aos índices do primeiro semestre de 2012, talvez fique um pouco mais fácil de entender a razão da audiência do “Cidade Alerta” vir subindo.

A novela “Sangue Bom” da Rede Globo, porém, já vem superando a audiência de “Guerra dos Sexos” , a antecessora no horário. Na média dos quarenta e cinco capítulos já exibidos, “Sangue Bom” registrou média geral de 24,4 pontos. No mesmo período, “Guerra dos Sexos” acumulava 22,2 pontos. Cabe lembrar que depois dos quarenta e cinco primeiros capítulos a novela de Silvio de Abreu entrou numa curva descendente de audiência chegando a fechar médias atrás dos 20 pontos de audiência. Mesmo com o aumento de audiência no horário, a faixa das 19h ainda está longe dos 30 pontos de média geral que “Cheias de Charme” acumulou nos meses em que ficou no ar. A trama das empreguetes, escrita por Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, foi uma curta novela (apenas cinco meses) que contava a história de um trio de empregadas domésticas que ascendiam socialmente após fazerem sucesso na internet. Em uma época em que a Classe C está mais em voga do que nunca e onde a internet passou a ter um papel fundamental como meio de comunicação de massa, “Cheias de Charme” ainda ecoa como a novela mais atual exibida nos últimos anos. O legado multimidiático que “Cheias de Chame” deixou aos poucos foi sendo disperso por “Guerra dos Sexos” que nada mais foi do que uma novela de trama e estratégia antiquadas demais para nossos tempos. Mais recentemente, a Rede Globo vem tentando recuperar a repercussão virtual que sua faixa das 19h já registrou, para isso vem tocando em assuntos que fizeram muito sucesso tanto na audiência televisiva como na internet. “Sangue Bom”‘ traz um mote até semelhante à “Cheias de Charme”: qual é o preço da fama?

mule

Na história, um mosaico de protagonistas vivem conflitos relacionados à busca por fama, sucesso e dinheiro. No time coadjuvante de “Sangue Bom” existe até um grupo de cantoras que faz muito sucesso na mídia: as mulheres-fruta, lideradas pela Mulher-Mangaba (Ellen Roche) o grupo funkeiro das mulheres-fruta foi alvo diversas vezes da inveja de Damáris (Marisa Orth), que tentou de inúmeras maneiras acabar com o sucesso das cantoras.Nesse sentido, a trama guarda semelhanças com o conflito entre a invejosa Chayene (Cláudia Abreu) e as cantoras e bem-sucedidas empreguetes.

empre

Existe ainda a questão da estratégia da segunda tela que novamente vem sendo utilizada pela Rede Globo. Se em “Cheias de Charme” as empreguetes tiveram clipes divulgados na internet antes da transmissão televisiva, “Sangue Bom” vem apostando inúmeras fichas no contexto virtual. Os clipes da Mulher-Mangaba, das músicas que embalam a novela (“Hoje eu Tô Descontraída” e “Solteirinha da Pompéia”), foram divulgados na íntegra pelo site da novela, enquanto o vídeo do “Famosinho da Casa Verde” catapultou o personagem Filipinho (Josafá Filho). Na ficção o vídeo viralizou na rede e transformou o personagem em uma celebridade virtual. A questão do viral, porém, ficou restrita à ficção, já que o “Famosinho da Casa Verde” não chegou a arranhar a repercussão que os vídeos “Vida de Empreguete”, “Maria Brasileira” e “Nosso Brilho” tiveram no país durante a exibição da novela “Cheias de Charme”. Outra estratégia transmídia de “Sangue Bom” vem sendo um videoblog da jornalista Sueli Pedrosa (Tuna Dwek), que vem destilando todo seu veneno contra as celebridades da novela. O vlog até tem algumas sacadas muito legais e pontuais como o fato da vilã fofoqueira Sueli surpreender e declarar publicamente que mantém uma relação amorosa lésbica (em referência à questão envolvendo o nome da cantora Daniela Mercury), porém, a estratégia transmídia poderia ser repensada em função dos seis protagonistas da história. Como são muitas, as estratégias multimídia envolvendo a narrativa de “Sangue Bom” e também muitos protagonistas na história a novela poderia ter um engajamento maior nas redes sociais se tentasse unificar todos estes elementos.

Existe, é claro, a óbvia questão de que uma boa história sempre tem maior facilidade de repercutir. A trama de “Avenida Brasil” não tinha inicialmente nenhuma grande estratégia para repercutir junto ao público da segunda tela. Porém, com a história da vingança shakespeariana de Nina (Débora Falabella), o público da segunda tela passou a repetir diariamente os “OI OI OI” que embalavam a arquetípica trama de João Emanuel Carneiro. Com o decorrer da novela, o ator José de Abreu (Nilo), passou a buscar cacos do seu texto junto às gírias de usuários no microblog e inclusive, o site oficial de “Avenida Brasil” passou a incorporar alguns bordões utilizados pelos telespectadores no twitter.

Apostando no sucesso de “Avenida Brasil” os autores Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, recentemente retomaram a idéia da empregada vingativa, em “Sangue Bom” a personagem Tina (Ingrid Guimarães) infiltra-se numa família para se vingar da matriarca por conta de uma injustiça do passado. Além disso, Tina também usa uniforme vermelho e vive reiterando que seu papel na casa seria o mesmo de “Nina” em “Avenida Brasil”. A paródia extremamente literal é validada pelo fato de Vincent Villari e João Emanuel Carneiro serem colegas de trabalho de longa data: os autores são responsáveis por assinarem por exemplo as novelas “Da Cor do Pecado” e “A Favorita”.

nina tina

Além de ser referenciada em “Sangue Bom”, a trama de “Avenida Brasil” foi recentemente assunto para o “Vídeo Show”. O quadro “Novelão da Semana” reexibiu um compacto de cenas da novela em razão da queda de audiência vespertina global, além disso, a atriz Cacau Protássio, a divertida Zezé de “Avenida Brasil”, vem sendo uma das apostas do “Domingão do Faustão” no quadro “Dança dos Famosos”. Além disso, nesta semana o “Video Show” estreou um compacto de sua novela das 19h mais bem sucedida dos últimos anos e advinha qual foi a trama escolhida? “Cheias de Charme”, obviamente.

É, “Avenida Brasil” e “Cheias de Charme” já saíram da Rede Globo, mas, a Rede Globo ainda não saiu delas.

Curta a página do BLOG “Meme é a Mensagem” no Facebook:

https://www.facebook.com/omemeeamensagem

Siga o omemeeamensagem no twitter: https://twitter.com/omemeeamensagem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s